Bê-á-bá da pele

Hoje vamos falar de um dos nossos maiores órgãos: a PELE. Sabia que se ela fosse esticada da cabeça aos pés, cobriria uma área de até dois metros quadrados? E que o seu peso constitui 16% do peso total do corpo humano? Pois bem, agora que o sabe, promete dar-lhe mais atenção e cuidá-la como merece? Para ajudá-la, vamos descobrir mais sobre a sua pele. Acompanhe-me!

“À prova de água, lavável e elástica, ela não é apenas uma embalagem corporal inerte. Trata-se, na verdade, de um tecido complexo, formado portrês camadas sobrepostas: epiderme, derme e hipoderme.”*

A Epiderme é a camada superficial e aquela que contacta directamente com o exterior. Comparável a uma parede, os tijolos correspondem a vários grupos de células, dos quais se destacam os queratinócitos e os melanócitos.
  • Os Queratinócitos produzem a queratina, essencial para manter a flexibilidade da pele;
    Os Melanócitos sintetizam a melanina, pigmento responsável pelo bronzeamento, que protege contra os efeitos da radiação solar;

A Derme é a camada intermédia composta por fibroblastos, células produtoras de fibras elásticas e de fibras de colagénio, além de pêlos, glândulas sebáceas, vasos e nervos.
A Hipoderme é a camada mais profunda e é um reservatório de gordura que serve de isolante térmico e protege os restantes órgãos dos golpes.
Sujeita às mais variadas agressões externas – raios solares, calor/frio, humidade, poluição, vento, etc – e internas – desequilibrios nutricionais, stress, oscilações hormonais, etc – a pele vai sofrendo inúmeras alterações com o passar do tempo. Começa por perder elasticidade, o tecido torna-se mais flácido e, pouco a pouco, vão aparecendo as rugas… Calma, não desespere! Embora o envelhecimento seja inevitável, está nas nossas mãos “desacelerar” este processo. Como? Adoptando hábitos de vida saudáveis e rituais de beleza essenciais, pode fazer os ponteiros do relógio andar mais devagar!
PS’: A pele em números:

  • A sua espessura varia de 0,4 a 2 mílimetros;
  • Regenera-se a cada três ou quatro semanas;
  • Cada célula epitelial vive, no máximo, 30 dias;
  • Um adulto perde cerca de 15 gramas de células epiteliais por dia;
  • Há cerca de 17 glândulas sebáceas por centímetro quadrado de pele;

PS”: Ah, o primeiro lugar do top dos maiores órgãos do corpo humano é ocupado pelo intestino!

*in “Sua Pele Em Boa Forma”, de Dra. Jozian Quental

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d bloggers like this: