Golden Globes♥The Grand Budapest Hotel

And the winner is… The Grand Budapest Hotel

Golden Globes Best Motion Picture, Comedy

[isto já vem com vários dias de atraso, mas ainda vou a tempo e bater palmas, certo?]

♥ Wes Anderson

budapeste

Beauty Tunes♥Io e Té, Bertolucci

Io e Té, Bertolucci

Chego a casa e está a dar o filme Eu e Tu, de Bernardo Bertolucci. A cereja no topo do bolo? Bowie cantado em italiano :)

Ragazzo solo, ragazza sola (David Bowie)

La mia mente ha preso il volo Un pensiero, uno solo
Io cammino mentre dorme la citta’


I suoi occhi nella notte
Fanali bianchi nella notte
Una voce che mi parla chi sara’?

Dimmi ragazzo solo dove vai,
Perche’ tanto dolore?
Hai perduto senza dubbio un grande amore
Ma di amori e’ tutta piena la citta’

io

Best of 2014★Gone Girl

Filme – Gone Girl

Continuando na retrospetiva de 2014, hoje trago-vos um dos filmes que mais me marcou. Tentei escrever no mesmo dia em que o vi na sessão da meia-noite. Não consegui. Tentei escrever algumas vezes depois e continuava a não conseguir. Faltavam-me as palavras (acontece, às vezes, poucas).

Continue reading Best of 2014★Gone Girl

MODA★Golden Globes Awards 2014

Golden Globes Awards 2014

Golden Globes Awards 2014
1. Amber Heard by Official Versace | 2.Cate Blanchet by Armani | 3. Emma Watson by Dior | 4. Naomi Watts by Tom Ford |  5.Taylor Swift by Carolina Herrera | 6.Zooey Deschanel by Oscar de la Renta

And the Golden Globe goes to…

Ontem, foi uma grande noite do cinema. Mas também foi noite de passadeira vermelha. Para lá dos prémios da sétima arte, convido-vos a votar nos looks que seleccionei :)

Qual é o vosso favorito?




Ah, e quando engravidar, quero ser assim 😉

Olivia Wilde 



CINEMA★Golden Globe Awards 2014

NEM SÓ DE MODA E BELEZA VIVE UMA MULHER… O BOM CINEMA NUNCA PASSA DE MODA!

Cate Blanchett vence o Globo de Ouro de Melhor Actriz (Drama)


Lembro-me de estar na sala de cinema a pensar: «Esta interpretação é digna de nomeação». E cá está mais uma consagração para a minha actriz do coração. Blue Jasmine foi um dos filmes do meu ano. Não sendo o meu favorito do Woody Allen encheu-me as medidas.

Parabéns, Cate!